Como melhor redigir um e-mail?

A boa comunicação é indispensável para qualquer tipo de relacionamento. A forma como a qual será realizada, conduzirá ao sucesso ou fracasso na mensagem desejada.

O correio electrónico (e-mail) é uma ferramenta de comunicação bastante poderosa e mais prático. Infelizmente, algumas pessoas deixam de dar especial atenção a esta poderosa ferramenta e acabam por se comunicar de forma extremamente errada, infantil, ofensiva, não clara e até irritante.

Com o avanço tecnológico, designadamente, com o surgimento de meios alternativos de comunicação, como os telemóveis, o skype, os chats entre outros, houve um aumento brutal de erros e falhas nas mensagens, devido a necessidade de abreviar a comunicação.

Quando se junta o avanço tecnológico, a necessidade de abreviar as palavras, a dificuldade da língua portuguesa e ao ensino que tem vindo a ser cada vez mais precário, é fácil imaginar a quantidades de gafes que se encontra por ai.

Um e-mail é um documento. Dependendo da pessoa para a qual o redigimos, podemos ser formais, informais ou muito próximos. É essencial que um e-mail seja curto, simples, claro e objectivo.

Dicas fundamentais para o desenvolvimento de um e-mail
Independentemente do tipo de e-mail que está a redigir, seja sempre educado e cordial.

Na caixa de entrada do correio, à esquerda vem o nome do remetente, logo a seguir, o assunto. Dê um bom Assunto ao seu e-mail. O mesmo deve estar inteiramente relacionado com o conteúdo da mensagem. Colaborará para o interesse na leitura do seu e-mail e consequentemente na obtenção da resposta do mesmo.

Se se tratar de uma mensagem de candidatura, é bom costume, começar por apresentar-se, nome completo, nacionalidade, nível académico e curso.

É importante evitar o uso da gíria, do calão, da linguagem da Internet, de abreviaturas e de símbolos que subjazem falta de responsabilidade, profissionalismo e sobretudo falta de respeito.

Use sempre o tamanho de letra Normal. Evite o uso de letras em MAIÚSCULAS, cores de letras diferentes do preto, sublinhado, cor de realce e de fundo do texto, itálico ou negrito.

Um e-mail não pode ser muito longo. Não há nenhuma regra concreta. Mas, como pretendemos ser breves, directos e objectivos, o ideal é no máximo 15 linhas (mais ou menos). Separar parágrafos com linhas em branco. Se quiser tratar dois assuntos diferentes, é preferível enviar dois e-mails.

Verifique exaustivamente a ortografia e a gramática. As caixas de mensagem do gmail, hotmail e muitos outros já dispõem de ferramentas de verificação da ortografia e da gramática do texto da mensagem. Já não há desculpas para não escrever correctamente as palavras.

Muitas vezes, os e-mails de candidaturas a bolsas de estudo que são enviados, são recebidos por pessoas que fazem parte do júri de avaliação das candidaturas. Por isso, e-mails com erros, logo comprometem a admissão ou selecção do candidato.

Sempre que enviar documentos anexos ao mail, informe no corpo da mensagem e deve listar esses documentos. Dê nomes adequados aos documentos que anexa ao e-mail.

No fim da sua mensagem, use termos formais, tais como "Atenciosamente" ou "Com melhores cumprimentos". Não se esquece de assinar com o seu nome completo, cargo, empresa e telefone se julgar adequado.

Seguem alguns modelos exemplares simples de e-mails:

Ver exemplo 1

Ver exemplo 2


Email Marketing $19/Month!

Dicamatica - Portugal
Tel: +351 917 241 320
E-mail:dicamatica@gmail.com